Panóptica Digital

A nova era de dados levanta questões sérias sobre o que é publico e o que é privado. No meio digital a linha é muito tênue, sendo assim o que de fato é privado?

Como o publicitário Luiz machado nos mostrou em sua palestra, existem três grupos de dados:

1- SPII: São dados sensíveis e pessoais, como por exemplo, os dados de um cartão, dados usados em compras e até os de uma compra.

2- PII: São dados pessoais, podemos pegar como referência as contas de email, onde é necessária uma senha para desbloquear esse campo de informações, ou também um whatsapp pessoal, que deve ser acessado através de um número de celular.

3- Anônimos: são dados coletados, mas que não carregam os dados pessoais das pessoas. Podem ser adquiridos de diferentes formas: Forma declarada, é coletada através de pesquisas onde as pessoas dão informação por livre e espontânea vontade, no entanto podem ser adquiridos também por observação,e assim tirar uma conclusão.

O mercado de dados pode ser comparado com a indústria de petróleo e é de onde empresas como o Facebook e o Google tiram grande parte de sua renda. Luiz, disse uma máxima: ” se você não paga por um produto (na internet), pode ter certeza de que o produto é você”. Isso acontece por que essas empresas além de já terem seus dados demográficos, os quais você também já liberou para que elas os vendam aceitando os ”termos de uso”, conseguem diversas outras informações.

Podemos separar os dados capitados em diferentes categorias:

Dados Demográficos: Gênero, idade, renda, etc.

Dados de Geolocalização: Captados através do seu Gps, sempre ligado no seu dispositivo móvel.

Dados de Compra: Em que momento o consumidor decide ou não faltar.

Dados de Manutenção: Indícios de inferência, O que você está esta procurando para a próxima compra, ou até os itens que procurados pelas redes sociais.

Dados de Interesse: Toda a navegação e acompanhada, classificada e catalogada.

As informações da internet cada vez mais se mesclam com as informações do consumidor, sendo assim, tudo é vendido e quem pagar mais caro leva o pacote. As grandes corporações coletam dados e a partir disso podem ver qual impressão causam eu seus consumidores, conseguindo assim fazer uma campanha de marketing mais efetiva. A negociação da propaganda e sua aparição são feita em tempo real. Esse processo é cada vez mais automatizado, criando um verdadeiro ecossistema digital.

Os dados que aparassem posterior mente são:

Quem comprou o que;

Quem quis o que;

Quem está querendo o que;

Quem pesquisa sobre o que;

Sendo assim, todas essas informações são utilizadas para as empresas conseguirem atingir e monitorar seus consumidores. Vivemos a era panóptica digital, onde o produto é você.

Fernando Salgado

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

w

Connecting to %s